Curso para a Prova Oral – Cartório Paraná
 /  Cartório / Curso para a Prova Oral – Cartório Paraná

Curso para a Prova Oral – Cartório Paraná

Curso para a Prova Oral – Cartório Paraná

R$1.870,00

Ou em até 10x de R$187,00
Sem Juros - PagSeguro

Parcelamento PagSeguro

1x de R$1.870,00 *sem juros3x de R$623,33 *sem juros5x de R$374,00 *sem juros7x de R$267,14 *sem juros9x de R$207,78 *sem juros11x de R$202,00 com juros
2x de R$935,00 *sem juros4x de R$467,50 *sem juros6x de R$311,67 *sem juros8x de R$233,75 *sem juros10x de R$187,00 *sem juros12x de R$187,75 com juros
Categoria:

CURSO PARA A PROVA ORAL – CARTÓRIO PARANÁ

1.INFORMAÇÕES

O Instituto Fórmula organizou um curso específico com vagas limitadas para a prova oral do Concurso de Cartório do Paraná, nas seguintes modalidades:

a) Presencial (confirmação da data com o fechamento da turma)

A.1) Brasília/DF;

A.2) Curitiba/PR (a data e local será definida assim que a turma completar 10 alunos).

b) Modalidade On-Line com entrevista remota via plataforma.

Após a efetivação da matrícula, o Instituto Fórmula entrará em contato com o aluno para a definição da data e modalidade da entrevista (presencial ou on-line).

O Instituto Fórmula é uma escola especializada na preparação para a fase oral e é composta por Professores 100% concursados e com ampla experiência na orientação de alunos para essa fase do certame.

2.METODOLOGIA

  1.  Videoaulas sobre técnicas de prova oral – Os professores irão apresentar técnicas de prova oral, as principais dificuldades enfrentadas nessa fase e como aperfeiçoar cada uma das qualidades (postura, conduta, vestuário, gesticulação, montagem da resposta, métodos indutivos e dedutivos de apresentação do conteúdo, modelos de perguntas de prova oral);
  2. Videoaulas como análise de provas orais de concursos passados;
  3. Encontros, bancas simuladas e arguições individuais – Os candidatos serão orientados pelos professores e posteriormente arguidos, a fim de que os alunos tenham a oportunidade de treinar as suas habilidades, recebendo instruções individualizadas de nossos professores, com enfoque em uma preparação personalizada, de acordo com as suas necessidades específicas;
  4. As arguições serão gravadas e posteriormente sujeitas à análise de  profissional de fonoaudiologia – Um profissional de fonoaudiologia irá examinar e emitir uma análise sobre os pontos a serem aperfeiçoados. 

3. EXTRA

Os alunos terão acesso às videoaulas das disciplinas específicas do concurso do Paraná, com enfoque nos principais pontos que serão cobrados na prova oral.

4. INFORMAÇÕES SOBRE A  PROVA ORAL

(trecho do edital de abertura de inscrições)

6.4 Da Prova Oral

6.4.1. As datas e horários das provas serão informadas por meio de Edital específico a ser disponibilizado no endereço eletrônico do TJ/PR (www.tjpr.jus.br/concursos).

6.4.2 O candidato habilitado para a Prova Oral será submetido a exames de saúde e psicotécnico, na forma deste Edital, bem como dos procedimentos previstos no item 9. Somente após o recebimento dos resultados dos exames o candidato poderá realizar Prova Oral.

6.4.3. O candidato será convocado para os exames, mediante publicação no Diário da Justiça Eletrônico, no endereço eletrônico do TJ/PR (www.tjpr.jus.br/concursos), implicando exclusão do concurso o não comparecimento a qualquer deles.

6.4.5. Os resultados desses exames serão remetidos, em caráter sigiloso, diretamente à Comissão de Concurso.

6.4.6. As provas orais realizar-se-ão de acordo com normas que serão fixadas pela Comissão de Concurso em até 02 (dois) dias após a divulgação da relação dos habilitados na Prova Escrita conforme item 6.3.11.1.

6.4.7. Na Prova Oral, será permitida, durante a arguição, a consulta a textos de lei, disponibilizados pela Comissão de Concurso, sem anotações ou comentários de qualquer natureza, preservada em qualquer hipótese a incomunicabilidade entre os candidatos. 6.4.8. Decorridos no mínimo, 05 (cinco) dias da publicação da lista dos candidatos habilitados na Prova Escrita, far-se-á sorteio público para definir a ordem de arguição na Prova Oral, sendo publicada através de Edital Específico a ordem de arguição, local e horário da referida prova.

6.4.9. A Prova Oral valerá 10 (dez) pontos e terá peso 04 (quatro).

6.4.10. O candidato que não obtiver nota igual ou superior a 5,0 (cinco) na Prova Oral será considerado reprovado.

6.4.11. Somente serão habilitados para a Entrega de Títulos os candidatos que atingirem no mínimo 5 (cinco) pontos na Prova Oral.

6.4.12. Será publicada no endereço eletrônico do TJ/PR (http://www.tjpr.jus.br/concursos) a lista dos classificados para a Entrega de Títulos.

LER DESCRIÇÃO COMPLETA

Descrição do curso

CURSO PARA A PROVA ORAL – CARTÓRIO PARANÁ

1.INFORMAÇÕES

O Instituto Fórmula organizou um curso específico com vagas limitadas para a prova oral do Concurso de Cartório do Paraná, nas seguintes modalidades:

a) Presencial (confirmação da data com o fechamento da turma)

A.1) Brasília/DF;

A.2) Curitiba/PR (a data e local será definida assim que a turma completar 10 alunos).

b) Modalidade On-Line com entrevista remota via plataforma.

Após a efetivação da matrícula, o Instituto Fórmula entrará em contato com o aluno para a definição da data e modalidade da entrevista (presencial ou on-line).

O Instituto Fórmula é uma escola especializada na preparação para a fase oral e é composta por Professores 100% concursados e com ampla experiência na orientação de alunos para essa fase do certame.

2.METODOLOGIA

  1.  Videoaulas sobre técnicas de prova oral – Os professores irão apresentar técnicas de prova oral, as principais dificuldades enfrentadas nessa fase e como aperfeiçoar cada uma das qualidades (postura, conduta, vestuário, gesticulação, montagem da resposta, métodos indutivos e dedutivos de apresentação do conteúdo, modelos de perguntas de prova oral);
  2. Videoaulas como análise de provas orais de concursos passados;
  3. Encontros, bancas simuladas e arguições individuais – Os candidatos serão orientados pelos professores e posteriormente arguidos, a fim de que os alunos tenham a oportunidade de treinar as suas habilidades, recebendo instruções individualizadas de nossos professores, com enfoque em uma preparação personalizada, de acordo com as suas necessidades específicas;
  4. As arguições serão gravadas e posteriormente sujeitas à análise de  profissional de fonoaudiologia – Um profissional de fonoaudiologia irá examinar e emitir uma análise sobre os pontos a serem aperfeiçoados. 

3. EXTRA

Os alunos terão acesso às videoaulas das disciplinas específicas do concurso do Paraná, com enfoque nos principais pontos que serão cobrados na prova oral.

4. INFORMAÇÕES SOBRE A  PROVA ORAL

(trecho do edital de abertura de inscrições)

6.4 Da Prova Oral

6.4.1. As datas e horários das provas serão informadas por meio de Edital específico a ser disponibilizado no endereço eletrônico do TJ/PR (www.tjpr.jus.br/concursos).

6.4.2 O candidato habilitado para a Prova Oral será submetido a exames de saúde e psicotécnico, na forma deste Edital, bem como dos procedimentos previstos no item 9. Somente após o recebimento dos resultados dos exames o candidato poderá realizar Prova Oral.

6.4.3. O candidato será convocado para os exames, mediante publicação no Diário da Justiça Eletrônico, no endereço eletrônico do TJ/PR (www.tjpr.jus.br/concursos), implicando exclusão do concurso o não comparecimento a qualquer deles.

6.4.5. Os resultados desses exames serão remetidos, em caráter sigiloso, diretamente à Comissão de Concurso.

6.4.6. As provas orais realizar-se-ão de acordo com normas que serão fixadas pela Comissão de Concurso em até 02 (dois) dias após a divulgação da relação dos habilitados na Prova Escrita conforme item 6.3.11.1.

6.4.7. Na Prova Oral, será permitida, durante a arguição, a consulta a textos de lei, disponibilizados pela Comissão de Concurso, sem anotações ou comentários de qualquer natureza, preservada em qualquer hipótese a incomunicabilidade entre os candidatos. 6.4.8. Decorridos no mínimo, 05 (cinco) dias da publicação da lista dos candidatos habilitados na Prova Escrita, far-se-á sorteio público para definir a ordem de arguição na Prova Oral, sendo publicada através de Edital Específico a ordem de arguição, local e horário da referida prova.

6.4.9. A Prova Oral valerá 10 (dez) pontos e terá peso 04 (quatro).

6.4.10. O candidato que não obtiver nota igual ou superior a 5,0 (cinco) na Prova Oral será considerado reprovado.

6.4.11. Somente serão habilitados para a Entrega de Títulos os candidatos que atingirem no mínimo 5 (cinco) pontos na Prova Oral.

6.4.12. Será publicada no endereço eletrônico do TJ/PR (http://www.tjpr.jus.br/concursos) a lista dos classificados para a Entrega de Títulos.

Junte-se a nós e venha descobrir a FÓRMULA para sua aprovação!

Newsletter