Sem categoria
 /  Sem categoria

Direito Processual Penal- Sistema Acusatório

Sem categoriaNo comments yet

O sistema acusatório mostra-se mais democrático, pois há a nítida separação entre as funções de acusar, defender e julgar. Por haver partes distintas exercendo cada uma das funções, garante-se a equidistância do juiz. Caracteriza-se pela imparcialidade do magistrado, o efetivo exercício do devido processo legal, do contraditório, da ampla defesa e pela publicidade. Rege-se pelo

Leia mais

Direito Processual Penal- Princípio da Ampla Defesa

Sem categoriaNo comments yet

Trata-se de uma garantia constitucional assegurada aos acusados em geral, que permite o exercício da autodefesa, da defesa técnica e a possibilidade de recorrer. (art. 5º, LV, CF). A defesa deve ser a mais abrangente possível, devendo ser decretada a nulidade do processo em caso de cerceamento. A) AUTODEFESA: exercida pelo próprio acusado, orientado ou

Leia mais

Direito Processual Penal – Presunção de inocência X execução provisória da pena

Sem categoriaNo comments yet

De acordo com a Jurisprudência, a partir do HC 126292/SP – Informativo 814 – STF, era possível a execução provisória da pena. Os argumentos utilizados para sustentar a compatibilidade da execução provisória da pena com o princípio da presunção da inocência eram que os recursos extraordinários (STF) e especial (STJ) não possuem efeito suspensivo, sendo

Leia mais

Legislação Penal Especial- Homicídio privilegiado-qualificado.

Sem categoriaNo comments yet

Pedro Lenza explica que “é sábido que um homicídio pode ser concomitantemente qualificado privilegiado (cometido por motivo de relevante valor social ou moral, ou sob o domínio de violenta emoção logo em seguida a injusta provocação da vítima – art. 121 §1º do CP). Tal possibilidade só existe, contudo, quando a qualificadora é de caráter

Leia mais

Arquivamento do Inquérito Policial após a Lei Anticrime

Sem categoriaNo comments yet

Após sua instauração, o inquérito policial não pode mais ser arquivado pela autoridade policial. O arquivamento deve ser determinado pelo Juiz de direito, que apenas poderá fazê-lo após requisição do Ministério Público. Art. 17. A autoridade policial não poderá mandar arquivar autos de inquérito. ARQUIVAMENTO DO INQUÉRITO POLICIAL APÓS A LEI ANTICRIME: Com o advento

Leia mais

Direito Processual Penal- Efeitos dos Recursos

Sem categoriaNo comments yet

Segundo o doutrinador Levy Emanuel Magno os efeitos aos recursos são quatro: Efeito devolutivo: é aquele que permite ao Judiciário reexaminar uma questão já decidida. Trata-se de decorrência natural da garantia do duplo grau de jurisdição. Todo recurso possui efeito devolutivo. É um efeito inerente ao próprio direito de recorrer. Efeito Suspensivo: é aquele que

Leia mais

Direito Processual Penal- Condição de Prosseguibilidade?

Sem categoriaNo comments yet

PROSSEGUIBILIDADE: é uma condição para que o processo tenha continuidade. A Lei 9.099/90 previu expressamente a intimação para a prosseguibilidade. O Ofendido oferecê-la no prazo de trinta dias. Na PROCEDIBILIDADE há uma condição imposta pela lei, para que o processo tenha início. Lesão corporal leve, art. 129, caput, passou a ser crime de ação penal

Leia mais

Direito Processual Penal- Prisão em virtude de sentença condenatória irrecorrível

Sem categoriaNo comments yet

É espécie de prisão resultante de sentença penal transitada em julgado. Também poderá ser denominada como “prisão-pena”. O acompanhamento da prisão-pena é feito pelo Juiz da Vara de Execuções Penais, pois o recolhimento para cumprimento da sanção imposta passa pela Lei nº 7.210/1984 (Lei de execuções penais), com todos os direitos inerentes à execução. Seu

Leia mais

Direito Processual Penal- Princípio da vedação às provas ilícitas.

Sem categoriaNo comments yet

O art. 5º, LVI da Constituição Federal, dispõe que “são inadmissíveis, no processo, as provas obtidas por meios ilícitos”. Tradicionalmente, a doutrina faz distinção entre “prova ilícita” (violação de norma de direito material) e “prova ilegítima” (violação de norma de direito processual), as quais seriam espécies do gênero “provas ilegais”. A redação dada pela Lei

Leia mais

Direito Processual Penal- Prisão Domiciliar

Sem categoriaNo comments yet

A prisão domiciliar é a determinação do recolhimento do agente em sua residência, sem a possibilidade de ser autodeterminar, especificamente no direito de locomoção. É válido ressaltar que a prisão domiciliar é admitida apenas como medida substitutiva da prisão preventiva. Parte-se do pressuposto que o magistrado decretou a prisão preventiva.  Dito de outro modo, para

Leia mais

Junte-se a nós e venha descobrir a FÓRMULA para sua aprovação!

Newsletter